adequação-lgpd-lei-dados

O que o PIX e a LGPD têm em comum?

Lançado em novembro de 2020, o PIX é uma inovação bancária que tem como proposta permitir que pagamentos e transferências sejam feitas instantaneamente, 24 (vinte e quatro) horas por dia, durante todos os dias do ano (inclusive finais de semana e feriados).

Com certeza, você já deve ter recebido uma notificação do aplicativo de seu banco solicitando o cadastro das chaves PIX. Como funciona? Estas chaves têm como finalidade diminuir o conjunto de informações que precisamos fornecer ao realizar uma transação bancária. Sendo assim, você precisará cadastrar apenas o número de seu CPF, seu endereço de e-mail ou o número de seu celular.

Mas o que o PIX tem em comum com a LGPD? Podemos dizer que as chaves cadastradas são dados pessoais, pois, a partir delas, é possível identificar o titular da conta bancária. Além disso, a Lei determina em um de seus princípios que, para a segurança de todas as pessoas, devemos sempre compartilhar o mínimo de dados possível e, com o cadastro das chaves PIX, não precisaremos mais compartilhar um grande conjunto de informações (nome completo, CPF, número da agência e da conta bancária) – e sim apenas um dos dados escolhidos por nós mesmos (CPF, e-mail ou número do celular).